Blog Luposeli

- Na Mídia

Jornal Hoje em Dia – Entrevista com Dr. Flávio Luposeli sobre Implantes Dentários

Implantes dentários devolvem sorriso a milhões de brasileiros. O tratamento impressiona pelos resultados na autoestima dos pacientes. Esperança renovada para mais de 27 milhões de brasileiros que nunca foram ao dentista.

Confira a entrevista realizada pela Record com o Dr. Flávio Luposeli:

Transcrição do vídeo:

Apresentadora: Você sabia que 27 milhões de brasileiros jamais foram ao dentista? Talvez, até por isso, muita gente tenha vergonha de sorrir, de mostrar a boca, porque, às vezes, não tem um dente, está faltando alguma coisa ali e a pessoa se sente envergonhada e intimidada. Mas você vai ver uma reportagem agora sobre implante dentário. Acompanhe.

Repórter: Um ato simples para muita gente [imagem de uma senhora mordendo uma maçã]. Mas para Josédia é uma conquista. Há 30 anos ela não fazia isso.

Josédia Medina (paciente): Na realidade, eu tinha dificuldades em alimentos mais sólidos, então, a minha alimentação ficava restrita a alimentos mais pastosos, pelo cuidado e pela falta de segurança.

Repórter: Josédia perdeu os dentes ainda jovem, e só teve acesso a bons profissionais agora, com a vida estabilizada. Médica pediatra, ela resolveu se dar um presente. Trocou a dentadura por implantes dentários.

Josédia: Eu sempre me preocupei com o meu sorriso, que era limitado por causa da prótese.

Flávio Luposeli: Quando a pessoa perde alguns elementos dentários, ela pode repor isso de maneira removível ou de maneira fixa.

Repórter: Diferente do que se imagina, não há necessidade de colocar um pino para cada dente. Bastam 5 parafusos para segurar os 14 dentes implantados.

Flávio Luposeli: Isto aqui substitui a raiz [Dr. Flávio Luposeli segurando um mecanismo nas mãos] do dente. Ele está lá dentro da gengiva e do osso. Abrimos, colocamos um componente, essa seria a coroa, que vamos fabricar depois. Colocamos o parafuso, que vai travar. Para fora do osso fica só essa parte dourada. Moldamos isso aqui, e o laboratório faz um dente bem preso aqui, e nós cimentamos. Pegamos o dente, passamos uma colinha aqui dentro e pronto.

Repórter: O protético recebe o molde da boca do paciente. Em cima desse molde, é feita uma réplica em gesso especial. Já na prótese sem a estrutura metálica, feita em zircônia e revestida em porcelana, a luz atravessa, o que dá uma aparência mais clara para o dente. O preço do implante de um dente pode variar de mil a sete mil reais. Vai depender do profissional e do tipo de material que ele vai escolher. O processo de fabricação envolve tecnologia e artesanato. Os dentes são esculpidos milimetricamente. Parte com equipamentos, e parte à mão. Tudo para que, além de um acabamento estético, haja também mordidas e encaixes perfeitos. Hoje é possível escolher até a cor da gengiva e, claro, dos dentes.

Protético Essa é uma das escalas de cor de dente, da mesma forma. Por comparação, colocamos a escala ao lado do dente, e vemos se está mais claro, mais escuro. Temos alguns números prontos e tem uma forminha aqui. Essa forminha metálica é exatamente para mesclarmos algumas cores e criarmos uma cor que não tenha na escala, e deixar o trabalho bem personalizado, próprio para aquele paciente.

Repórter: Josédia optou pelo implante produzido no Brasil. É cinco vezes mais barato do que o importado. Apesar da ótima qualidade, tem suas desvantagens, como o tempo de aderência ao osso.

Flávio Luposeli: Com o implante, você também coloca o parafusinho do implante, espera um tempo para o osso grudar, de três a seis meses. O osso grudou no implante, a gente abre e começa a fase de fazer a prótese do implante. Onde começa a se diferenciar um implante suíço desse tipo aqui [Dr. Flávio Luposeli segurando um mecanismo nas mãos]. Aquele tempo do osso grudar, entre três e seis meses, aqui não existe. O osso, aqui, gruda em 21 dias.

Repórter: Shao Lin tinha sérios problemas com os dentes e, aos 70 anos, tomou uma decisão.

Chu Shao Lin (paciente): Queria ter a oportunidade de não ter problemas com os dentes. Os meus dentes quebravam com bastante frequência, eu viajava e, no meio da viagem, tinha que procurar clínicas dentárias.

Repórter: Há dois meses ele faz tratamento. Colocou quatro implantes e fez revestimento de porcelana.

Chu Shao Lin: Estou super contente! Tecnicamente, o trabalho é muito difícil, eu achava que não fosse possível fazer isso da maneira como foi feita. Porque, além de ser tecnicamente difícil, é uma arte!

Repórter: O sorriso é a melhor forma de mostrar que está satisfeito com o resultado.

Josédia: Eu posso comer qualquer tipo de alimento, e o meu sorriso, a minha autoestima, a qualidade de vida em si mudou para melhor.

Comente