Blog Luposeli

- Artigos

Sangramento Gengival: um sinal de alerta para o corpo todo

Não é novidade para ninguém que o corpo humano é a mais perfeita máquina que já existiu, trabalhando de modo totalmente interligado. Por isso mesmo, os sinais que ele nos transmite nem sempre são fáceis de identificar, uma vez que podem estar associados a diversas questões. Exemplo disso é que, não raro, estamos no meio da escovação dental diária quando, de repente – surpresa! –, verificamos que há sangue na espuma que descartamos.

Seria esta uma “mensagem” do nosso organismo?…

sangramento gengival é um problema com o qual algumas pessoas convivem por anos sem se incomodar ou sem considerar que isto possa ser o indício de algo mais sério, embora, na verdade, ele seja um grande sinal de alerta de que alguma coisa não está funcionando perfeitamente bem.

Em suma, a gengiva é responsável por proteger os dentes e a estrutura óssea contra as bactérias, corpos estranhos e, até mesmo, de alimentos que possam danificá-los de alguma maneira. A sua aparência normal deve ser rosada, justa aos dentes, e, exceto em ocasiões nas quais ocorra um incidente – como, por exemplo, quando o fio dental a “corta” –, deve ser capaz de aguentar traumas como a mastigação e a escovação sem desencadear qualquer sinal de sangue.

 

tartaro e sangramento gengivalNa maioria dos casos, quando esses ferimentos espontâneos surgem com o mais leve contato, isto costuma acontecer em decorrência de hábitos de higiene incorretos. Isto porque, com a limpeza inadequada da boca, a placa bacteriana se acumula e se calcifica, causando o tártaro, uma crosta tão dura que apenas um cirurgião-dentista consegue removê-la.

E, nos casos em que essa remoção não é realizada, as bactérias presentes nessa substância começam a liberar toxinas que inflamam a gengiva, causando, assim, sangramento e inchaço, haja vista que a região se torna altamente vascularizada – uma forma de combater os “intrusos”.

Como os sintomas são pequenos e considerados sem importância, é comum que os pacientes levem décadas até procurar uma orientação profissional. Todavia, existem casos nos quais essa intervenção pode vir “tarde demais”.

Enquanto os elementos bacterianos se encontram apenas na gengiva, o tratamento é relativamente simples, sem que exista um comprometimento da saúde dental, ao passo que, na periodontite – “estágio avançado” da gengivite –, o problema já chegou ao osso e aos ligamentos, com a alteração das estruturas que sustentam os dentes (estas ficam moles).

Sangramento Gengival: possíveis diagnósticos e consequências

sangramento na gengiva sinal de alertaConquanto muitas vezes o sangramento gengival possa significar uma deficiência em outras áreas do organismo, a carência de vitamina K, leucemia, alterações hormonais, diabetes, queda de resistência e desordem hemorrágica também podem ser outros possíveis diagnósticos.

Sem sombra de dúvida, o que se sabe é que o fato de a gengiva sangrar se trata de uma maneira de o corpo denunciar que alguma “peça” da sua perfeita “engrenagem” está pedindo atenção.

Mais do que um simples incômodo, esses pequenos ferimentos são uma porta aberta para microrganismos perigosos, que podem atingir a corrente sanguínea e agravar doenças cardíacas e/ou respiratórias crônicas, inclusive levando o paciente a óbito por infecção.

Estimativas ainda apontam que cerca de 18% dos partos prematuros (bebês nascidos antes da 36ª semana ou pesando menos de 2.500 g) poderiam ser evitados se as mães tivessem tratado a doença periodontal corretamente. Um alto número de bactérias tem sido encontrado no líquido amniótico dessas gestações, e acredita-se que boa parte dele corresponda a germes bucais. No mais, o risco de morte fetal/neonatal e de sequelas neurológicas ou motoras é muito grande nesses casos.

Assim, o sangramento gengival é um assunto a ser observado de perto – literalmente! Problemas na gengiva podem significar desde o comprometimento dos dentes até doenças muito mais sérias, que podem ser até mesmo fatais. Logo, a saúde bucal não pode ser deixada para segundo plano, e é centrado nesse pensamento que o SPA Odontológico Luposeli se firmou como uma das mais respeitadas clínicas especializadas em São Paulo, na qual os interessados em tratar este e outros problemas relacionados à saúde e à estética do próprio sorriso poderão agendar a sua consulta e contar com a segurança e a qualidade de uma equipe altamente capacitada, instalada numa infraestrutura única para atender a todas as necessidades de cada paciente.

Comente